Entrevista com Afonso Cruz na revista 'LER'

«ENTREVISTA || Afonso Cruz:
o artista, uma espécie de burlão

Entrevista de Ana Sousa Dias e Fotografia de Pedro Loureiro

Afonso1.jpg

Diziam que era «duro de ouvido» mas comprou uma guitarra e estudou, estudou até conseguir tocar, e tornou-se músico mesmo sem saber uma nota de solfejo. Para fazer filmes de animação, estudou, estudou até ser capaz de perceber em que momento as pernas do Bip Bip começam a rodar. Agora diz que perdeu a ingenuidade na leitura, porque procura entender «como é que ele fez isto» quando lê ficção. Depois de 12 anos de vida nómada em 60 países, assentou primeiro em Lisboa, depois no Alentejo, num sossego sem trânsito e com boas escolas para os filhos.(…)»

Leia toda a entrevista em 'Ler'.08.10.14

publicado por Editora Objectiva às 12:18 | link do post