"O Nadador", de Joakim Zander, no blogue 'Deus me Livro'.

 Uma intensa história de espionagem

 

 «À semelhança de muito bom thriller, a estreia literária do sueco Joakim Zander percorre dois períodos temporais distintos que, inevitavelmente, colidirão mais tarde de forma a atar todas as pontas soltas encontradas pelo caminho. Pontas que, no caso de “O nadador” (Suma de Letras, 2014), são em número mais do que suficiente para formarem uma corda bem comprida.(…)»

 

Saiba mais em 'Deus me livro'.22.09.14

publicado por Editora Objectiva às 10:49 | link do post | comentar