"O Nadador", de Joakim Zander, na revista 'Nova Gente'

 Uma estória de espionagem nascida do novo

boom de ficção sueca, pós Steve Larson

In 'Nova Gente'.15.09.14

 

Sobre o lvro:

Um thriller viciante que não poderá parar de ler.
Damasco. Uma noite quente no princípio dos anos 80.
Um agente americano entrega a sua bebé a um destino incerto, uma traição que jamais se perdoará e que será o começo de uma fuga de si próprio. Até ao dia em que não pode continuar a esconder-se da verdade e se vê obrigado a tomar uma decisão crucial.

Trinta anos depois, Klara Walldéen, uma jovem sueca que trabalha no Parlamento Europeu, vê-se envolvida numa trama de espionagem internacional na qual está implicado Mahmoud Shammosh, o seu antigo amante e ex-membro das forças especiais do exército sueco.
Klara e Mahmoud transformam-se no alvo de uma caçada através da Europa, um mundo onde as fronteiras entre países são tão ténues como a linha que separa um aliado de um inimigo, a verdade da mentira, o passado do presente.

 

 

 

Sobre o Autor:  

Joakim Zander nasceu em 1975 em Estocolmo, Suécia. Estudou Direito na Universidade de Uppsala, tendo-se doutourado na área na Universidade de Maastricht. A sua dissertação The Application of the Precautionary Principle in Practice foi publicada pela Cambridge University Press e galardoada com o prémio Rabobank em 2012. Joakim Zander viveu em Bruxelas, na Bélgica, onde trabalhou para o Parlamento Europeu e Comissão Europeia, e também nos Estados Unidos e no Médio Oriente. Trabalha atualmente como advogado para a União Europeia em Helsínquia, na Finlândia, onde vive com a sua mulher e dois filhos.

publicado por Editora Objectiva às 12:03 | link do post | comentar