João Tordo e a “Biografia involuntária dos amantes” em P3.Público.

"A Literatura é o caminho escolhido para a compreensão."

 

 

 (...) Depois de seis romances com muito sucesso, João Tordo arrisca ao usar novas estratégias narrativas. Segundo o autor, “a estrutura, que tem mais interrupções, é menos linear, em que partes do livro são telefonemas, cartas, outras são narração.” A adopção de um ponto de vista feminino foi, também, um grande desafio, pois o próprio escritor confessou não saber se viria a conseguir escrever no ponto de vista feminino.(...)

 

Leia mais em P3.Público.Cultura15.04.14

 

 

 

 

publicado por Editora Objectiva às 12:00 | link do post | comentar