Dia Mundial do Teatro, celebrado no Teatro Nacional São João é notícia no "Espalha Factos".

 "O Filho de Mil Homens", de Valter Hugo Mãe, é uma das  cinco estreias com que o Dia Mundial do Teatro é celebrado no Teatro Nacional São João.

(...) A partir de 20 de março sobe ao palco a quarta produção do Teatro Bruto a partir de histórias de Valter Hugo Mãe que, através de um convite da companhia, é também dramaturgo. A peça chama-se O Filho de Mil Homens e estará em cena até dia 30 de março, com encenação e adaptação de Ana Luena. “A história de Crisóstomo – um homem que, chegando aos quarenta anos, lida com a tristeza de não ter tido um filho – e da sua família inventada”. O preço dos bilhetes é de 10€ para o balcão e 15€ para a plateia.(...)

 

Saiba mais em Espalha Factos.01.03.14

 

Sobre o livro:

 

Esta é a história de Crisóstomo que, chegando aos quarenta anos, lida com a tristeza de não ter tido um filho. Do sonho de encontrar uma criança que o prolongue e de outros inesperados encontros, nasce uma família inventada, mas tão pura e fundamental como qualquer outra.
As histórias do Crisóstomo e do Camilo, da Isaura do Antonino e da Matilde mostram que para se ser feliz é preciso aceitar ser o que se pode, nunca deixando contudo de acreditar que é possível estar e ser sempre melhor. As suas vidas ilustram igualmente que o amor, sendo uma pacificação com a nossa natureza, tem o poder de a transformar.
Tocando em temas tão basilares à vida humana como o amor, a paternidade e a família, O filho de mil homens exibe, como sempre, a apurada sensibilidade e o esplendor criativo de Valter Hugo Mãe.


publicado por Editora Objectiva às 11:03 | link do post | comentar