Adaptação ao teatro de "A máquina de fazer espanhóis", de Valter Hugo Mãe, na 'Autobiografia Imaginária' do JL.

"O que faz agora o 'Trigo Limpo' é da ordem do amor, porque me

traz muito afecto, porque me honra, porque me humilda"

Valter Hugo Mãe

 

 

 

In JL.22.01.14

publicado por Editora Objectiva às 10:11 | link do post | comentar