"A verdade sobre o caso Harry Quebert", de Joël Dicker, no 'Jornal Diário' da estação de televisão 'Porto Canal'

 

 O sucesso literário deste Verão que, depois de várias semanas

pelos tops nacionais, está no top 5 da Livraria LELLO

 

 

 

 In Jornal Diário.Porto Canal.20.12.13

 

 

O livro sensação do ano.Verão de 1975, Aurora.Nola Kellergan, uma jovem de 15 anos, desaparece misteriosamente da pequena vila costeira de Nova Inglaterra. As investigações da polícia nada descobrem. Primavera de 2008, Nova Iorque.Marcus Goldman, jovem escritor, vive atormentado com uma crise de página em branco, depois de o seu primeiro romance ter tido um sucesso inesperado. Sente-se incapaz de escrever, e o prazo para entregar o novo romance expirará dentro de poucos meses. Junho de 2008, Aurora. Harry Quebert, professor universitário e um dos escritores mais respeitados do país, é preso e acusado de assassinar Nola Kellergan, depois de o cadáver da rapariga ser descoberto no seu jardim. Alguns meses antes, Marcus, amigo e discípulo de Harry, descobrira que o professor vivera um romance com Nola, pouco tempo antes do desaparecimento da jovem. Convencido da inocência de Harry, Marcus abandona tudo e parte para Aurora para conduzir a sua própria investigação. O objectivo é salvar a sua carreira, escrevendo um livro sobre o caso mais quente do ano, e dar resposta à incógnita que inquieta toda a América: Quem matou Nola Kellergan? «Toda a gente falava do livro. Esta é a primeira frase do romance "A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert": uma profecia que se cumpriu, pois o livro de Joël Dicker já se transformou num fenómeno mundial.»Le Monde   

publicado por Editora Objectiva às 14:39 | link do post | comentar