"Para onde vão os guarda-chuvas", de Afonso Cruz, no blogue 'Efeito dos Livros'

«Para onde vão os guarda-chuvas» de Afonso Cruz - Opinião

"Os caminhos são mais longos - disse um dia Elahi - para quem está sozinho. (...) Os dias esticam e ficam mais longos, o relógio diz que não, mas, com licença, o que sabem os relógios da alma humana? Não sabem nada, Alá me perdoe. O tempo demora mais a passar, muito mais, é assim que se sofre. Quando se está feliz, esse mesmo tempo passar a correr, parece que vai atrasado para uma festa, mas, se vê uma lágrima, pára e fica a ver o acidente, dá voltas à nossa desgraça e não anda para a frente como os relógios dizem que ele faz.

 

Leia o texto no blogue 'Efeito dos Livros'.26.11.13

publicado por Editora Objectiva às 15:25 | link do post | comentar