"Para onde vão os guarda-chuvas", de Afonso Cruz, no blogue 'Fragmagens'

A desordem natural das coisas

"Tinha-me lançado há pouco em mais um livro de Delillo. Acontece que, ainda ia eu muito no início da leitura, me chega pelo correio o tão aguardado Para onde vão os guarda-chuvas, de Afonso Cruz."

 

Leia o texto no blogue Fragmagens.18.10.13

 

publicado por Editora Objectiva às 09:11 | link do post | comentar